Qual alimento é o pós-treino ideal?

Descubra qual alimento é o pós-treino ideal!

Quando passamos a seguir uma rotina de exercícios físicos, é importante saber quais são os alimentos mais indicados para depois do treino. Descubra qual alimento é o pós-treino ideal!

Conhecer as melhores opções de alimentos para consumir depois do treino é muito importante para atingir os objetivos traçados em busca do físico desejado. Afinal, quando sabemos como nutrir nosso organismo, fica mais fácil repor as proteínas e acelerar o fortalecimento da musculatura. Resumidamente, quando terminamos de praticar exercícios físicos, nossas reservas energéticas estão mais baixas, e o que colocamos no nosso organismo neste momento é usado para preencher o que foi perdido. Por este motivo, o planejamento da alimentação precisa considerar o gasto energético e a própria atividade física que foi feita.

Qual alimento é o pós-treino ideal

A quantidade dos alimentos dependerá se o objetivo é para ganho de massa ou emagrecimento. Para ganhar massa muscular, é preciso consumir uma quantidade mais alta de carboidrato de alto índice glicêmico e de proteínas. A quantidade exata varia de acordo com o indivíduo e pode ser calculada por um nutricionista. Já quando a meta é o emagrecimento, a quantidade dos alimentos deve ser mais baixa para gerar déficit calórico e atingir a perda de gordura corporal. Em ambos os casos, repor a energia e o tecido muscular é necessário após a prática de exercícios.

Quando não nos alimentamos da forma correta depois do treino, podemos sofrer de desnutrição, perda de massa magra, lesão muscular, lesão óssea e sensação de cansaço constante. Para evitar que isso aconteça, é importante consumir alimentos indicados para ajudar na reconstrução muscular, redução de dores pós-treino e aceleração do ganho de massa. Basicamente, a alimentação pós-treino deve conter carboidrato, para repor o glicogênio, e proteína, para recuperar a musculatura. Segue abaixo algumas opções:

1) Alimentos ricos em carboidratos: Depois de praticar uma atividade intensa, os carboidratos são excelentes para repor os estoques de energia. Além disso, eles liberam insulina para ajudar a transportar proteínas para os músculos. Algumas opções são batata doce, macarrão integral, pão integral e mandioca. Uma outra vantagem é que as fibras integrais aumentam a sensação de saciedade e fortalecem o funcionamento do intestino.

2) Alimentos ricos em proteína: É importante garantir um bom suprimento de proteínas e nutrientes para que o corpo consiga desenvolver mais tecido muscular. Algumas opções são ovos, iogurtes, carnes, queijos, grão de bico e lentilha. O iogurte é uma ótima opção, já que pode ser incluído na dieta como lanche e alimento pós-treino. Por ser líquido, fica fácil consumi-lo em rotinas mais agitadas. Além disso, procure priorizar os ovos, que são ótimos para fixar o cálcio nos ossos e diminuir as chances de lesões mais graves durante os exercícios.

3) Frutas: As frutas proporcionam muitos benefícios ao organismo já que contêm frutose, que é uma fonte de vitaminas e minerais. Algumas opções são banana, laranja, melancia, manga e frutas vermelhas, que incluem amora, morango, uva e framboesa. Essas são opções que contêm elevado poder oxidativo e que oferecem proteção para as células contra os radicais livres. Além disso, a banana é uma ótima fonte de carboidrato que ajuda a repor glicogênio e contêm bastante potássio em sua composição.

4) Suplementação alimentar: A função dos suplementos alimentares é fornecer proteína para reparar o tecido muscular e garantir o consumo de aminoácidos que intensificam a construção de músculos. Algumas opções são BCAA e Whey Protein que devem ser utilizados com base na orientação de um profissional adequado.

5) Líquidos: Após o treino é essencial beber água, e em casos de treinos de maior intensidade, os isotônicos são indicados. Algumas fontes naturais são leite, água de coco e suco de frutas. Preparar um suco de laranja depois do treino é uma ótima opção, afinal, esta é uma rica fonte de vitaminas capaz de ajustar os níveis de reserva energética. Além disso, a vitamina C presente na laranja é muito importante para manter o sistema imunológico. O suco de abacaxi também é outra boa opção, sendo um anti-inflamatório natural que ameniza contusões e lesões.

É como dizem: é o básico que funciona! Procure se alimentar de forma saudável, incluindo os macro e micro nutrientes ideais em seu cardápio e se exercitando de forma regular e correta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *